Buscar

Energia Solar: em quanto tempo é possível ter o retorno do investimento?


O tempo de retorno do investimento em energia solar é uma dúvida muito comum das pessoas que desejam instalar o sistema.


Afinal, será que demora muito para que o valor investido seja totalmente quitado? Qual é a média de tempo e como esse cálculo é feito?


Vamos te explicar tudo neste artigo!


O que é o retorno do investimento em energia solar?

Bom, antes de tudo, precisamos esclarecer a diferença entre ROI e payback, que são dois termos diferentes que dizem respeito ao retorno do investimento.


Quando falamos em ROI (Retorno Sobre o Investimento) de energia solar, essa medida é dada em porcentagem. Trata-se do quão rentável é o sistema fotovoltaico instalado em seu imóvel durante o ano.


Por exemplo: ao fazer o cálculo do ROI, você pode concluir que a tecnologia tem gerado, em média, um retorno de 25% ao ano – aliás, saiba que esse é realmente um valor médio de retorno do investimento com a energia solar.


Já o payback é o cálculo do tempo necessário para que o sistema esteja totalmente quitado e você perceba a economia ainda maior em sua conta.


Quais fatores impactam no retorno do investimento do sistema fotovoltaico?

Não é possível estipular um único percentual ou tempo para o retorno do investimento em todos os casos. Afinal, existem vários fatores que interferem nos resultados.


Os principais são:

Tarifa de energia elétrica

Como não existe uma única tarifa de energia no Brasil – já que existem diferentes concessionárias –, ela é um fator que modifica os resultados do retorno do investimento.


Esse valor é medido em kWh (quilowatt-hora) e pode custar algo entre R$ 0,40 e R$ 1,15, dependendo da sua região.


Além disso, existem outras variáveis dentro dessa tarifa de energia, como, por exemplo, se o imóvel em questão é residencial, industrial ou comercial.


Quanto maior for a tarifa de energia que você paga em sua conta, saiba que mais rápido você perceberá o retorno do investimento.

Inflação energética

A inflação energética é o percentual que você paga ao longo do ano na conta de luz. Trata-se de um valor negociado entre a Aneel e as concessionárias de energia, sendo que ele pode variar constantemente, podendo chegar a 8% ao ano.


Quanto maior a inflação energética, mais rápido você perceberá o retorno do investimento em energia solar – já que você passa a ficar livre dessa taxa.

Bandeiras tarifárias

Ao fazer o cálculo do retorno do investimento, as bandeiras tarifárias também são levadas em consideração, tanto a tarifa amarela quanto a vermelha.


Isso quer dizer que se ao longo do ano, houver a incidência maior dessas bandeiras tarifárias mais altas – resultando uma tarifa energética mais cara –, significa que o seu retorno será mais rápido, pois você também não paga essa taxa ao optar pela energia solar.

Potência do seu sistema de energia solar

A quantidade de potência instalada em seu sistema fotovoltaico também influencia no retorno do investimento.


Quanto maior for a potência, que é dada em kWp (quilo Watt-pico), mais você economizará e mais rápido será o seu retorno. Isso está relacionado tanto com a quantidade de painéis solares instalados quanto pela potência de cada um deles.


Como são feitos os cálculos do payback e do ROI de energia solar?

O cálculo do payback é feito da seguinte forma:


Payback (meses) = Investimento da sua energia solar (R$) / Energia gerada por mês (kWh) x Valor da tarifa de energia da sua região (R$)


Exemplo: um sistema fotovoltaico que custou R$ 20 mil e gerou 400 kWh de energia para o imóvel – sendo o custo da tarifa de energia da região R$ 0,75.


Payback = 20.000 / 400 x 0,75

Payback = 66 meses para que o investimento inicial seja totalmente quitado.


Nesse cálculo simples não estamos considerando o aumento do custo da energia ao longo dos próximos anos, o que pode diminuir ainda mais o seu payback.


Já o cálculo do ROI é feito da seguinte forma:


ROI (%) = Economia gerada no ano (R$) / Investimento inicial (R$) x 100


Usando o mesmo exemplo, sistema de energia solar custou R$ 20 mil e gerou uma economia de R$ 3,6 mil no ano, o retorno obtido foi de:


ROI = 3.600 / 20.000 x 100

ROI = 18% de retorno do investimento obtido no ano.


Vale lembrar que a energia solar tem uma vida útil de 25 anos, o que significa um retorno garantido – e a economia também!


Se você está interessado em saber mais detalhes sobre esses cálculos, bem como quanto custaria a energia solar em seu caso específico, acesse agora mesmo o nosso simulador gratuito e tire suas dúvidas com nossa equipe.